redução ao valor recuperável de ativos (capa)

Redução ao valor recuperável de ativos: entenda a importância para a saúde financeira da sua empresa

Home » Blog » Redução ao valor recuperável de ativos: entenda a importância para a saúde financeira da sua empresa

No cenário corporativo atual, a precisão financeira é essencial para a sustentabilidade e crescimento das empresas. Um aspecto crucial dessa precisão é a redução ao valor recuperável de ativos, um processo contábil que assegura que os ativos de uma empresa não estejam supervalorizados. 

Neste artigo, exploraremos o conceito de valor recuperável, o teste de redução ao valor recuperável (impairment), as diferentes abordagens para determinar esse valor, e como o uso de um software de gestão de contratos pode otimizar todo esse processo, garantindo uma gestão financeira transparente e eficiente.

O que é o valor recuperável?

O valor recuperável de um ativo é o maior valor entre o valor justo de um ativo menos os custos para vendê-lo e o seu valor em uso. Esse conceito é fundamental na contabilidade, pois permite que as empresas reconheçam perdas de valor de seus ativos de maneira correta e tempestiva. 

O valor recuperável garante que os ativos não estejam supervalorizados nos balanços patrimoniais, proporcionando uma visão mais precisa da situação financeira da empresa.

Importância para a gestão de contratos

A gestão de contratos está diretamente ligada à administração de ativos, já que muitos contratos envolvem a utilização, manutenção e até a venda de ativos.

Um software de gestão de contratos pode ajudar a monitorar esses ativos e garantir que seu valor recuperável seja sempre conhecido, evitando surpresas desagradáveis no balanço financeiro.

O que é teste de redução ao valor recuperável?

O teste de redução ao valor recuperável, também conhecido como teste de impairment, é um procedimento contábil realizado para verificar se os ativos da empresa estão com o valor contábil superior ao valor recuperável.

Quando o valor contábil excede o valor recuperável, uma perda por impairment deve ser reconhecida.

Processo de realização do teste

Conheça os processos de realização do teste. 

Identificação de Indícios de Impairment

O primeiro passo no teste de redução ao valor recuperável é identificar se há indícios de que um ativo pode estar desvalorizado. Esses indícios podem ser internos, como obsolescência ou danos, ou externos, como mudanças significativas no mercado. 

Um sistema de contratos bem estruturado pode ajudar a identificar esses indícios, registrando alterações e eventos que possam afetar os ativos.

Determinação do valor recuperável

Após identificar os indícios de impairment, o próximo passo é determinar o valor recuperável do ativo. Isso envolve calcular tanto o valor justo menos os custos de venda quanto o valor em uso, e considerar o maior desses valores como o valor recuperável.

Reconhecimento da perda por impairment

Se o valor contábil do ativo exceder o valor recuperável, a diferença deve ser reconhecida como uma perda por impairment. Esse reconhecimento é essencial para refletir a real situação financeira da empresa e garantir que os investidores e outras partes interessadas tenham uma visão clara e precisa.

O que é impairment de ativos?

O impairment de ativos, ou redução ao valor recuperável de ativos, é uma prática contábil que ajusta o valor dos ativos de uma empresa para refletir sua real capacidade de gerar benefícios econômicos futuros. 

Essa prática é crucial para a manutenção da integridade financeira e para assegurar que os balanços patrimoniais apresentem valores reais e não superestimados.

Impactos do impairment de ativos

Conheça os impactos do impairment de ativos:

Transparência financeira

O reconhecimento do impairment de ativos melhora a transparência financeira, proporcionando uma visão mais precisa da saúde financeira da empresa. Isso é particularmente importante para os investidores, que dependem de informações precisas para tomar decisões informadas.

Planejamento e decisão

Para empresas que utilizam um sistema de contratos, o planejamento e a tomada de decisões são facilitados. Com informações precisas sobre o valor recuperável dos ativos, as empresas podem planejar melhor suas operações e investimentos futuros.

Quais são as abordagens utilizadas para determinar o valor recuperável de ativos?

redução ao valor recuperável de ativos 1

Veja abaixo as abordagens utilizadas para determinar o valor recuperável de ativos:

Valor justo menos os custos para vender

Esta abordagem envolve a estimativa do preço de venda de um ativo em uma transação em condições normais de mercado, menos os custos diretos necessários para realizar a venda. Esse método é particularmente útil quando há um mercado ativo para o ativo em questão.

Utilização de software de gestão de contratos

Um software de gestão de contratos pode ser fundamental nessa abordagem, registrando todas as transações de venda e fornecendo uma base de dados confiável para calcular o valor justo de um ativo.

Valor em uso

O valor em uso é calculado com base no valor presente dos fluxos de caixa futuros esperados de um ativo. Esta abordagem é mais complexa, pois envolve a estimativa de receitas e despesas futuras, bem como a aplicação de uma taxa de desconto apropriada.

Ferramentas para cálculo de valor em uso

Plataformas de gerenciamento de contratos podem auxiliar no cálculo do valor em uso, fornecendo dados históricos e projeções financeiras necessárias para calcular os fluxos de caixa futuros.

Métodos combinados

Em alguns casos, a combinação das abordagens de valor justo menos os custos para vender e valor em uso pode ser necessária para obter uma estimativa mais precisa do valor recuperável. Esse método pode proporcionar uma visão mais abrangente do valor real dos ativos.

Importância da tecnologia na determinação do valor recuperável

A tecnologia desempenha um papel crucial na determinação do valor recuperável de ativos. Sistemas de contratos e plataformas de gerenciamento de contratos ajudam a automatizar e agilizar o processo, garantindo precisão e conformidade com as normas contábeis. 

Além disso, essas ferramentas oferecem relatórios detalhados e análises que facilitam a tomada de decisões informadas.

Redução ao valor recuperável

A redução ao valor recuperável de ativos é uma prática essencial para garantir a precisão dos relatórios financeiros e a saúde econômica das empresas. 

Com a utilização de um software de gestão de contratos, as empresas podem monitorar e gerenciar seus ativos de maneira mais eficaz, identificando rapidamente indícios de impairment e calculando com precisão o valor recuperável. 

Adotar essas práticas não apenas melhora a transparência financeira, mas também facilita o planejamento estratégico e a tomada de decisões, contribuindo para o sucesso a longo prazo da empresa.

Conheça a K2A: a solução completa para gestão de ativos e contratos

redução ao valor recuperável de ativos 3

A redução ao valor recuperável de ativos é uma prática essencial para garantir a precisão dos relatórios financeiros e a saúde econômica das empresas.

Com a utilização de um software de gestão de contratos, as empresas podem monitorar e gerenciar seus ativos de maneira mais eficaz, identificando rapidamente indícios de impairment e calculando com precisão o valor recuperável. 

Adotar essas práticas não apenas melhora a transparência financeira, mas também facilita o planejamento estratégico e a tomada de decisões, contribuindo para o sucesso a longo prazo da empresa.

Na nossa plataforma, oferecemos uma solução única para gerir contratos, reduzir custos, recuperar valores e otimizar a gestão de seus ativos/inventário de TI e Telecom.

Entre em contato conosco hoje mesmo para descobrir como podemos ajudar sua empresa a alcançar uma gestão financeira transparente e eficiente. E não se esqueça de continuar acessando nosso blog para mais artigos e informações valiosas sobre gestão financeira e tecnológica. Vamos juntos promover a saúde financeira da sua empresa!